CPI DO FEMINICÍDIO OUVE JUÍZ, DELEGADA E REPRESENTANTE DO INSTITUTO IGARAPÉ

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) destinada a investigar e apurar as causas do feminicídio no estado vai ouvir, nesta quarta-feira (12/06), o juiz da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, Dr. Alexandre Guimarães; a delegada da Polícia Federal, Dra. Paula Albuquerque, e a representante do Instituto Igarapé, Renata Giannini. Os depoimentos serão ouvidos na sala 311 do Palácio Tiradentes, às 10h.

“Serão oitivas importantes para a CPI. Vamos falar sobre a falta de proteção do Estado às mulheres antes que o feminicídio ocorra e o alto índice deste tipo de crime na Baixada”, afirmou a presidente da CPI do Feminicídio, deputada Martha Rocha (PDT).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*