Dia de Finados no Rio é marcado por pedidos de paz para a cidade

Rio de Janeiro - Cemitério do Caju tem intensa movimentação no dia dos finados (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Dia de Finados hoje (2) é marcado com um pedido de paz para os moradores do Rio de Janeiro. O evento ocorre no Crematório e Cemitério da Penitência, no bairro do Caju, localizado na zona portuária da cidade.

As ações da campanha Paz pelo Rio começaram às 8h. A programação conta com um pedido de paz para o Rio de Janeiro. No mês de setembro, houve um aumento de 44% no número de mortos por arma de fogo na capital fluminense, em comparação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com a organização Fogo Cruzado.

O gerente administrativo do Crematório e Cemitério da Penitência, Alberto Brenner Júnior, disse que o combate à violência na cidade passa por uma análise profunda que envolva toda a sociedade fluminense. “O Rio clama por paz. Precisamos jogar um holofote sobre essa questão e fazer um resgate histórico e cultural da cidade que já foi a capital do país”.

A programação começou com um ato religioso, celebrado pelo Padre Pedro Paulo. Em seguida, a Orquestra Maré do Amanhã, da comunidade do Complexo da Maré, fez uma apresentação. Uma faixa, colocada verticalmente no prédio do crematório, pedia paz.

Rio de Janeiro - Orquestra Maré do Amanhã formada por 30 jovens das comunidades do Complexo da Maré se apresenta no dia de finados, no Cemitério da Penitência (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Um painel foi montado para que os visitantes escrevam seus desejos, completando a frase “Antes de morrer eu quero…”, tirem fotos e publiquem nas redes sociais com a #antesdemorrereuquero. Durante todo o sábado, estão previstas apresentações de violinistas e performance de estátuas vivas.

Além das tradicionais missas de hora em hora, os cemitérios do Rio de Janeiro terão neste Dia de Finados, cultos evangélicos e afro-brasileiros e atividades com música.

O Cemitério Parque Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste, vai ganhar um monumento em homenagem ao Cristo Redentor. A benção será dada pelo cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta. No São João Batista, em Botafogo, na zona sul, a programação conta com música instrumental durante o dia.

Agência Brasil

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*