Em Londres, governador apresenta o Programa Rio Capital da Energia a investidores

Wilson Witzel e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas
Tristão, se reuniram com representantes  de empresas  britânicas nesta
terça-feira (5/11)

O governador Wilson Witzel e o secretário de Desenvolvimento Econômico,
Energia e Relações Internacionais, Lucas Tristão, apresentaram o novo
Programa Rio Capital da Energia e o atual ambiente de negócios fluminense a
empresários britânicos das áreas de energia e infraestrutura, além de
gestores de fundos de investimento. A reunião foi realizada nesta
terça-feira (5/11), na Embaixada do Brasil em Londres.

– Com os investimentos que fizemos ao longo desses primeiros meses de
governo em áreas como desenvolvimento, turismo e segurança, o Rio de
Janeiro se tornou um grande celeiro de oportunidades. Mostramos aos
empresários da Inglaterra que hoje há um ambiente seguro para a realização
de investimentos. O nosso governo está de portas abertas para receber mais
negócios, garantindo desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda
para a população fluminense – afirmou Witzel.

Lançado no último dia 28 de outubro, o Rio Capital da Energia vai
consolidar o Estado do Rio de Janeiro como referência em segurança no
abastecimento nacional e protagonista na transição energética do Brasil
para uma matriz mais diversificada. O programa ajudará também a aumentar a
competitividade do custo da energia e reduzir as emissões de gases de
efeito estufa.

LONDRES, APRESENTAÇÃO RIO CAPITAL ENERGIA, NA EMBAIXADA DO BRASIL EM LONDRES.
FOTO: PHILIPPE LIMA

Na apresentação, foram destacadas a participação do Estado do Rio na
produção nacional de petróleo (76%) e gás (57%), as expectativas de
crescimento dos setores para as próximas décadas, com o aumento de 96% e
70% da produção de petróleo e gás, respectivamente, e as rodadas de
licitações. Também foi apresentada a carteira de investimentos industriais,
que somam cerca de US$ 4,5 bilhões até 2023, com empreendimentos como o
Comperj, Terminal Portuário de Macaé e Complexo do Açu.

O Novo Mercado de Gás foi outro tema do encontro. O Rio de Janeiro aprovou
uma série de mudanças na regulamentação da comercialização e distribuição
de gás natural. A abertura do mercado garantirá a atração de novas empresas
e permitirá a redução de tarifas.

A capacidade do estado de produzir energia nuclear, a recuperação e
expansão da indústria naval e o potencial do Rio de Janeiro em fornecer
energias solar, eólica e biogás também foram destacados no encontro.

– Na reunião com os investidores ingleses, demos um panorama dos
investimentos no estado, que vai atrair nos próximos dez anos US$ 250
bilhões em investimentos, principalmente com a exploração e produção de
óleo e gás e toda sua cadeia. Os empresários se mostraram interessados e a
expectativa para novos negócios é boa – disse o secretário de
Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais.

Participaram da reunião empresas como Aroeiras Salles Advogados, Basel
Seguros, Brennan & Partners, Brazilian Chamber, Dial Partners LLP, FMA
Limited, Manulife Asset Management e Pimco.

Visita à Autoridade de Projetos de Infraestrutura

Na tarde desta terça-feira, o governador visita a Autoridade de Projetos de
Infraestrutura para trocar experiências sobre o desenvolvimento do setor.

Fotos: Philippe Lima

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*