Perseguição e tiroteio em baile funk em Paraisópolis deixam ao menos 9 mortos pisoteados em SP

Confusão aconteceu durante baile funk em Paraisópolis — Foto: TV Globo/reprodução

Uma perseguição policial seguida de troca de tiros durante um baile funk na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, deixou ao menos 9 mortos por pisoteamento na madrugada deste domingo (1º), segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) realizavam Operação Pancadão na região de Paraisópolis, quando dois homens em uma motocicleta atiraram contra os agentes. A moto fugiu em direção ao baile funk, ainda efetuando disparos, ocasionando um tumulto entre os frequentadores do evento, segundo a polícia.

A perseguição começou. Os policiais foram atrás dos suspeitos que entraram em Paraisópolis e foram em direção ao local onde era realizado o baile com cerca de 5 mil pessoas. Ainda de acordo com a polícia, equipes da Força Tática foram dar apoio sendo recebidas com pedradas e garrafadas.

Os policiais revidaram com munições químicas para dispersão. Segundo a polícia, alguém no meio da multidão disparou um tiro. Houve correria.

Durante a confusão, dez pessoas foram pisoteadas e levadas em estado grave ao Pronto Socorro do Campo Limpo. Oito pessoas morreram. Duas viaturas da PM foram depredadas, segundo a polícia.

Pancadões

Os bailes funks em comunidades de São Paulo ocorrem de quinta-feira a domingo, até a madrugada, nas zonas Leste, Sul e Norte da capital paulista. Reportagem do Bom Dia SP mostrou como a polícia atua quando é chamada para atender ocorrências nos pancadões (veja abaixo).

Pancadões incomodam moradores da capital de SP

G1 São Paulo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*