Polícia prende miliciano da Liga da justiça

Policiais do Departamento de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) prenderam no bairro de Santa Cruz, Michael Emerson Andrade de Souza, conhecido como “Sassá”, em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela 1ª Vara de Santa Cruz, pelos crimes de organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo as investigações, “Sassá” é considerado um elemento importante na hierarquia da milícia denominada “Liga da Justiça”, comandada por Wellington da Silva Braga, conhecido como “Ecko”.

É dele a responsabilidade pela contabilidade realizada pelo grupo criminoso, sendo também sua função extorquir comerciantes e motoristas de transporte alternativo no bairro de Campo Grande.

O criminoso também vem sendo investigado em outros inquéritos policiais por lavagem de dinheiro, pois ostenta em redes sociais veículos e residências de alto valor pecuniário, bem como joias, incompatíveis com sua capacidade financeira.  “Sassá” era responsável pela cobrança das taxas das linhas de vans em Campo Grande, e Santa Cruz, cujos valores poderiam chegar, segundo a investigação do Departamento de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD), a até R$300 mil por semana

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*