Promotora que fez campanha para Bolsonaro deixa caso Marielle

Promotora do caso Marielle, Carmen Eliza Bastos de Carvalho veste camiseta em apoio ao então candidato Jair Bolsonaro (Instagram/Reprodução)

A promotora do Ministério Público Carmem Eliza Bastos de Carvalho decidiu deixar de atuar na investigação das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Reportagem da VEJA mostrou que ela fez campanha para Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições de 2018 e postou uma imagem ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), que quebrou uma placa com o nome de Marielle.

Fonte: Veja

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*