“Vixi”:Hacker que invadiu celular de Sergio Moro se torna amigo de Geddel na Papuda

O hacker Walter Delgatti Neto, que firmou ter invadido o celular do ministro Sergio Moro e de diversas autoridades, atraiu o interesse de diversos presos da Papuda interessados em saber mais sobre o teor das mensagens captadas por ele nos celulares da força-tarefa da Lava Jato. De acordo com o Estado de S.Paulo, um dos novos amigos do hacker é Geddel Vieira Lima, preso há mais de dois anos pelo bunker com R$ 51 milhões que mantinha em Salvador.

A reportagem narra que quem convive com Delgatti declara que ele tem as mensagens captadas ainda frescas na cabeça. Após ler todo o conteúdo, o hacker tomou pavor de Deltan Dallagnol. A tarde de 20 de agosto, uma terça-feira, foi de comemoração no Bloco F do Complexo Penitenciário da Papuda. Tudo porque o hacker Walter Delgatti Neto, acusado de grampear as principais autoridades da República, tinha acabado de se matricular numa instituição de ensino particular de Brasília.

Conhecido como Vermelho e preso na Papuda desde 3 de agosto, Delgatti virou a maior atração da chamada Ala das Autoridades. Trata-se de uma parte especial do presídio que costuma receber políticos famosos, encarcerados por corrupção, e também os considerados vulneráveis. Vermelho fez logo amizade com Geddel Vieira Lima, ministro dos governos Lula e Temer.

Rio Urgente com Folha de S. Paulo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*